sexta-feira, 15 de abril de 2011

CUIDAR DA CULTURA, COMBATER O MOSQUITO DA DENGUE, CUIDAR DO PATRIMÔNIO PÚBLICO É DEVER DE QUEM? ANTES DE RESPONDER, LEIA A POSTAGEM A SEGUIR.


O mosquito da dengue em Bom Conselho é civilizado
PEIXE COME MOSQUITO?
Só perguntando ao peixe! Em frente ao Centro Cultural Professor Valdemar Gomes de Santana tem dois tanques cheinhos d’água, diga-se de passagem, água limpa que o mosquito da dengue adooora.  Pergunta-se: O que adianta a secretaria de saúde fazer mutirão na periferia da cidade para matar o mosquito da dengue, quando no centro da cidade, num prédio público, tem lugar que serve para o mosquito da dengue eclodir? O que adianta pedir ajuda da população, se em pleno setor público tem piscina para o mosquito da dengue e muriçoca? Será que os peixinhos que lá existem estão engordando por tanto comer as larvas do mosquito? 

O dificil é você encontrar o centro cultural aberto
 PARA QUE ESTÁ SERVINDO O CENTRO CULTURAL?
Recentemente estive visitando o Centro Cultural Prof. Valdemar Gomes de Santana, espaço ideal para trabalhar a cultura bonconselhense, mas, infelizmente a realidade é outra. O Centro Cultural é sinônimo de abandono, de ocaso. Quem teve a idéia de construir aquele espaço, tenho convicção que foi justamente para que a cultura de Bom Conselho fosse alavancada. Mas, não é o que vemos. Fazer festa não é fazer cultura. Na atualidade o Centro Cultural é um elefante branco.
Desde quando conheci o aquele espaço cultural, quando lancei meu nono livro de poesias em 2009, percebi uma grande necessidade de o espaço ter uma programação cultural assídua, pois só assim a população teria o costume de freqüentá-lo. O Centro Cultural serve para fazer roda de leitura, realizar seminários, palestras, oficinas, amostras, lançamentos de livros, exposição de artesanato, pintura, shows de calouros, concursos de dança, exibição de filmes, rodas de capoeira e tantas outras atividades culturais. Enumerou a quantidade de opções? Para que isso aconteça, o primeiro passo é ter força de vontade, o resto é conseqüência do trabalho. Até quando ficaremos na inércia cultural?

CENTRO CULTURAL TEM LUGAR PARA CAGÃO
Conforme a foto que você vê ao lado, existe por trás do Centro Cultural uma escadaria que dá acesso a um espaço que antes era uma quadra esportiva, pude presenciar acumulo de lixo e de fezes. Você não ficará por muito tempo naquele lugar que fede a fezes e urina, um “cagadouro” ao ar livre. O que dirá um visitante presenciando uma cena como esta?  Será que não existem mecanismos para evitar situações como esta? Será que tudo isso que estou relatando é sensacionalismo? Será que a diretoria de cultura não tem conhecimento disso? Já dizia certo político: “Um povo sem cultura é um povo sem educação”. Em pleno século XXI podemos admitir que a cultura seja tratada desta forma, com desdém?
Olhe direitinho esta foto acima e verás uma "tuia de merda". Se duvidar desta foto vá la conferir!